Para começar a desenvolver a nossa presença na Internet, há coisas que são fundamentais.

Em primeiro lugar, é necessário ter acesso a um computador que tenha ligação à Internet, embora seja possível construir sites em máquinas que estão offline é trabalhoso e pouco compensador, existem, no entanto, situações em que se torna necessário recorrer a este tipo de instalação. (Falaremos proximamente na instalação local do WordPress)

Vamos dar por adquirido que temos este primeiro passo garantido.

Estamos em frente de um computador com uma ligação Internet.

Que fazer agora?

O computador pode ter instalado qualquer dos sistemas operativos mais utilizados, Windows, macOS ou Linux numa das suas muitas variantes, sendo a mais utilizada o Ubuntu.

Existe a possibilidade de criar uma, ou mais máquinas virtuais no computador. através da virtualização e da instalação de software próprio para o efeito.

Para o trabalho com WordPress necessitamos de um explorador de Internet; o mais aconselhado é o Mozilla Firefox, mas na realidade qualquer um dos existentes funciona, e nós utilizamos com mais frequência o Chrome.

A diferença nos sistemas operativos vai notar-se nas aplicações de suporte que vamos utilizar.

Vamos necessitar de um programa para optimizar as fotografias, outro para podermos aceder aos ficheiros que estão por detrás do WordPress (FTP), outro ainda para podermos editar código. E mais à frente será necessário um software que faça a tradução dos plugins ou temas que não estejam traduzidos para português.

Estando escolhido o sistema operativo, instalado o explorador que vamos utilizar estamos quase prontos para começar a aventura de criar o nosso sitio na Internet.

 

Que explorador utilizar?

 

O Explorador Chrome, funciona em qualquer dos 3 sistemas operativos, e será aquele que vamos utilizar.

Uma das funcionalidade que utilizamos com mais frequência a Pessoas. Podemos criar tantas pessoas quanto desejamos e se criarmos uma por cada site que vamos desenvolver, podemos agrupar todos os conteúdos que pertencem ao projecto sem mexer com o que já está instalado, se formos utilizadores habituais.

Existem também uma série de extensões que tornam o nosso trabalho mais fácil e que falaremos e demonstraremos a seu tempo.

 

Que outras coisas devemos ter em consideração?

Uma das questões mais importantes é a da visualização, como os outros vêm o nosso site. Para isso é muito importante o monitor onde estamos a desenvolver a nossa aplicação, a composição visual do site deve ser feita tendo em conta os vários formatos de ecrã que os nossos visitantes vão utilizar.

O ideal é que o nosso site se veja bonito e funcional tanto num ecrã de 4 polegadas, de um dispositivo móvel, como numa televisão de 55 polegadas.

Se utilizarmos um monitor demasiado pequeno torna-se difícil simular a vista em ecrãs maiores, enquanto que se o ecrã for grande podemos reduzir a janela do explorador para termos a noção correta de como será visto em dispositivos mais pequenos.

 

Em resumo:

Uma boa ligação à Internet, o mais rápida possível e estável, um computador que não nos faça desesperar com tempos de espera muito longos, um ecrã de 19 ou 21 polegadas, o google Chrome instalado e estamos prontos para começar no mundo da criação de sites.

Advertisements